EFEAtenas

O novo governo da Grécia, do conservador Kyriakos Mitsotakis, reconheceu nesta sexta-feira o presidente do Parlamento da Venezuela, Juan Guaidó, como presidente interino do país, segundo anunciou o ministério de Relações Exteriores em comunicado.

"Em linha com a posição comum da União Europeia (UE) o Governo grego decidiu reconhecer Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional, escolhida democraticamente, presidente da Venezuela para convocar eleições presidenciais livres, justas e democráticas", diz o comunicado.

O texto acrescenta que o Governo apoia plenamente os esforços da UE de "conseguir uma solução pacífica, política e democrática para a crise venezuelana em benefício do seu povo".

Sob o Governo do esquerdista Alexis Tsipras, a Grécia era até agora um dos poucos países da UE que continuava a reconhecer Nicolás Maduro como presidente legítimo da Venezuela.