EFEWashington

Um polícia morreu e outro ficou ferido depois de ser atropelado e atacado com uma faca por um agressor que foi morto a tiros próximo ao Capitólio dos Estados Unidos, num trágico acontecimento que a polícia não considera terrorismo e que chega apenas três meses após o violento ataque ao Congresso.

Como a polícia explicou, o atacante bateu com a sua viatura numa barreira de segurança ao lado do Capitólio, saiu do veículo com uma faca na mão e correu para atacar os dois polícias.

"É com grande tristeza que anunciamos que um dos polícias sucumbiu às feridas", anunciou Yogananda Pittman, chefa interina da Polícia do Capitólio, em conferência de imprensa.

Pittman explicou que o agressor -que mais tarde foi identificado pela imprensa local como Noah Green, de 25 anos- foi baleado pela polícia após sair do veículo e brandir "agressivamente" uma faca contra eles.

Morreu pouco depois num hospital de Washington.