EFELuanda

O presidente angolano, João Lourenço, vai dar início na próxima terça-feira a uma visita de estado de dois dias a Espanha, onde se vai reunir com o rei Felipe VI e com o presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, informou este domingo o Governo angolano.

Segundo um comunicado emitido pelo gabinete de imprensa da presidência de Angola, Lourenço irá viajar hoje desde Nova Iorque, onde participou na Assembleia Geral das Nações Unidas, a Madrid.

A visita "terá início na próxima terça-feira (28) de manhã, com um encontro no Palácio da Zarzuela com Sua Majestade o Rei Felipe VI de Espanha", indicou a nota oficial.

Além disso, afirmou que "haverá um encontro entre o chefe de Estado angolano e o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez" e no final da manhã, Lourenço será convidado para um almoço oferecido por Felipe VI.

Na quarta-feira, o presidente angolano visitará várias instituições e infraestruturas em Madrid antes de encerrar a sua viagem ao país ibérico.

Lourenço visita Espanha depois de Sánchez ter viajado para Angola no passado abril durante uma viagem a África que também o levou ao Senegal.

O líder angolano concedeu então a Espanha, na presença do chefe do Governo espanhol, o papel de parceiro preferencial da União Europeia no seu processo de diversificação da economia do seu país.

Esta nova relação estratégica bilateral ficou plasmada na assinatura de quatro acordos sobre transportes aéreos, indústria, pescas e agricultura.

Sánchez, por seu lado, descreveu Angola como um "país amigo" e ofereceu o trabalho de empresas espanholas para ajudar no objetivo de diversificar a economia do país africano de modo a que deixe de depender quase exclusivamente do petróleo.

Além disso, Lourenço elogiou a crescente atenção espanhola ao continente africano, enquanto Sánchez delineou as linhas gerais do plano Foco África 2023 apresentado este ano pelo seu Governo para reforçar os laços com África.