EFELondres

O escritório meteorológico britânico (Met Office) emitiu esta terça-feira um alerta de "calor extremo", prevendo que várias partes do Reino Unido irão atingir temperaturas de até 33 graus.

O Met Office pediu que os cidadãos evitem queimaduras solares e sintomas por esgotamento provocados pelo calor.

O alerta âmbar, que cobre grandes partes do País de Gales, todo o sudoeste e partes do sul e centro de Inglaterra, vai estar em vigor até quinta-feira, quando se espera que as temperaturas atinjam o pico.

O organismo sanitário Public Health England também emitiu um aviso de calor e recomenda que a população fique fora do sol entre as 10h e as 14h GMT, beber muitos líquidos e evitar o excesso de álcool durante a parte mais quente do dia.

O Met Office adverte que nos próximos dias muitas pessoas poderão correr o risco de queimaduras solares, desidratação, náuseas e fadiga, enquanto que as pessoas mais vulneráveis poderão sofrer outros efeitos mais adversos para a saúde.

Além disso, alertou-se que, à medida que as temperaturas aumentam, alguns sistemas mais sensíveis à temperatura poderão ser afetados e causar falhas de energia.