EFEWashington

Pelo menos 18 crianças com menos de dois anos de idade foram separadas dos seus pais na fronteira dos Estados Unidos com o México entre 20 dias e seis meses durante a aplicação da política de "tolerância zero" no ano passado, segundo um relatório divulgado esta sexta-feira pelo Congresso.

O Comité de Supervisão da Câmara de Representantes dos EUA, que questiona a política de segurança fronteiriça da Administração do presidente americano, Donald Trump, revelou nessa análise que pelo menos 2.648 menores de idade foram separados dos seus pais no período da política de "tolerância zero".

Entre esses bebés, nove eram menores de um ano na altura em que foram separados dos seus pais na fronteira com o México.