EFELondres

Milhares de pessoas reuniram-se esta sexta-feira no popular conjunto megalítico de Stonehenge, no sudoeste de Inglaterra, para dar as boas-vindas ao verão e contemplar o primeiro amanhecer depois do solstício.

Kate Logan, diretora da organização English Heritage (Património Inglês) de Stonehenge -organismo que gere as ruínas-, afirmou hoje à imprensa local que se trata "de um dos eventos mais destacados do ano" nessa popular área.

"O ambiente foi estupendo, sociável e, quando o sol saiu, as pessoas receberam o amanhecer com aplausos", disse Logan.

O monumento é visitado anualmente por mais de um milhão de pessoas e outras milhares participam, a cada ano, nas já tradicionais cerimónias que dão as boas-vindas aos solstícios de verão e de inverno, segundo marca o ancestral calendário druida.

A cada início de inverno, as pessoas comemoram o dia mais longo do ano, no qual a luz solar pode-se prolongar por mais de nove horas.

Embora o solstício dure o dia inteiro, o momento exato no qual acontece é quando o sol atinge o zénite sobre o hemisfério do Trópico de Capricórnio. Esse fenómeno aconteceu às 3h52 locais.

Situado no condado de Wiltshire, Stonehenge é conhecido como Templo do Sol e tem aproximadamente 5.000 anos de antiguidade.

Em 1986, esse conjunto megalítico foi declarado património da humanidade pela Unesco.