EFETóquio

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste domingo que o seu país e o Japão fizeram um "grande progresso" nas suas negociações para fechar um novo acordo comercial, embora não se espere que fiquem todos os pontos fechados durante a sua atual visita oficial a Tóquio.

Washington e Tóquio estão há semanas a negociar um novo acordo comercial, no meio de críticas de Trump às vantagens "substanciais" que o Japão teve sobre os EUA.

Houve rondas em Washington e também em Tóquio. A última reunião, Neste sábado, terminou sem completar todos os pontos, embora o ministro de Revitalização Económica do Japão, Toshimitsu Motegi, tenha afirmado que tinha tido uma "conversa franca" com a delegação liderada pelo negociador comercial dos EUA, Robert Lighthizer.

Trump fez o comentário em mensagem publicada no Twitter depois de jogar uma partida de golfe com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, um dia depois de chegar a Tóquio de visita oficial.

Segundo o presidente americano, há muitos temas em jogo em áreas como agricultura e pecuária.

"Grande parte disso terá que esperar até as suas eleições de julho", acrescentou Trump, referindo-se às eleições parciais da câmara alta do Japão que vai haver em julho próximo.

"Com o novo acordo que está a ser negociado, espero que se leve em conta o desequilíbrio comercial, se eliminem as barreiras para as exportações americanas e se garanta a igualdade e a reciprocidade na nossa relação", acrescentou Trump.