EFEKiev

Metade do território ucraniano, com uma superfície de 603.700 quilómetros quadrados dentro das suas fronteiras reconhecidas, está contaminado já por minas ou projéteis sem explodir, denunciou esta sexta-feira o primeiro-ministro ucraniano,  Denys Shmygal.

"Existe a enorme necessidade de desminar o território. Mais de 300.000 quilómetros quadrados de território da Ucrânia estão contaminados com minas ou projéteis sem explodir", indicou Shmygal no Telegram, segundo informou a agência Unian.

No passado 23 de abril, o chefe da direção humanitária da administração militar regional de Kiev, Oleksiy Kuleba, indicou que retirar as minas apenas desta região irá demorar anos.