EFEKiev

Fontes ucranianas assinalaram este domingo que a situação na frente da região de Kharkiv, no norte do país, é "bastante complicada" e que a zona foi alvo de vários ataques da artilharia russa que deixaram pelo menos um morto.

Vadym Denysenko, assessor do ministro ucraniano da Administração Interna, afirmou em declarações citadas pela agência Ukrinform que as tropas russas estão a tentar recuperar território na zona de Kharkiv, cidade próxima à fronteira com a Rússia e segunda maior do país, atrás da capital Kiev.

Depois de serem forçados a retirar-se em maio, os russos pretendem ganhar terreno para levar novamente a linha da frente a Kharkiv e aumentar a sua capacidade de assediar a cidade com fogo de artilharia, segundo o assessor.

Embora a situação seja "bastante complicada", Denysenko garantiu que está "controlada" e que o Exército russo não tem sido capaz de momento de progredir em zonas chave da frente da guerra, como a cidade de Severodonetsk, mais ao sul, que está a tentar tomar há várias semanas.