EFELisboa

A companhia elétrica Endesa anunciou hoje que vai assumir a subida do preço da luz em Portugal para 2019, que se prevê de uma média de 6,3%, pelo que este aumento não será repercutido na fatura dos seus clientes.

Em comunicado divulgado hoje, a Endesa assegura que esta medida pretende promover a estabilidade económica dos seus cerca de 300.000 clientes em Portugal.

Um dos objetivos, segundo a companhia, é que o aumento dos custos energéticos não se veja refletido na economia dos consumidores.

A Endesa lembrou que nos últimos dois anos houve um aumento contínuo dos preços da eletricidade em Portugal, já que em 2017 subiu 30% e neste 2018 aumentou 9%.

Por volume de clientes, a Endesa, assentada há 25 anos em Portugal, é a segunda principal comercializadora de energia nesse país.