EFELondres

O primeiro-ministro britânico, o conservador Boris Johnson, ressaltou que tem a "certeza" que o Reino Unido está preparado para sair da União Europeia (UE) sem acordo, ao dar a conhecer um documento sobre os preparativos para um "brexit" duro.

No texto -destinado a informar empresas sobre os preparativos do país caso não haja pacto antes de 31 de outubro, a data do "divórcio" da UE- reitera-se que a opção preferida pelo Governo conservador é sair do bloco com um pacto e que "trabalhará até à última hora para o alcançar".

Na introdução do documento, Johnson reitera que abandonar a UE sem pacto "não é a opção" que quer, mas acrescenta que é vital estar o melhor preparado face a qualquer eventualidade.

"É por isso que, quando cheguei a primeiro-ministro (em julho), dei a ordem de preparação para uma falta de acordo como o trabalho principal de todos os funcionários", ressalta.

O responsável destes preparativos, Michael Gove, aprovou a contratação de cerca de mil pessoas para este projeto.

"Graças ao seu intenso trabalho e ao duro trabalho de muitos outros colegas do Governo e milhares de funcionários fizemos enormes progressos nestes preparativos, e agora posso dizer com confiança que o Reino Unido está preparado para sair da UE sem acordo a 31 de outubro", acrescenta Johnson.