EFEBeirute

A coligação internacional liderada pelos Estados Unidos confirmou hoje que se retira do nordeste da Síria e que já não se encontram em Manbij, onde estavam estacionados antes junto aos curdos, após a decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de sair do norte do país.

"As forças da coligação estão a realizar uma retirada deliberada do nordeste da Síria. Estamos fora de Manbij", indicou o porta-voz da aliança, o coronel Myles B. Caggins III, na sua conta do Twitter.