EFEMadrid

O Congresso espanhol anunciou hoje a suspensão do seu cargo dos quatro deputados catalães que estão atualmente em prisão preventiva e a ser julgados no Supremo Tribunal pelo seu papel no processo independentista catalão de 2017.

A presidente do Congresso, Meritxell Batet, anunciou em conferência de imprensa a decisão da Mesa -órgão do governo da Câmara-, e explicou que foi tomada após uma série de consultas com os advogados do Congresso e com o Supremo Tribunal a fim de garantir a "máxima segurança jurídica".