EFEPequim

As mortes pelo coronavírus em toda a China aumentaram nas últimas 24 horas em 121 pessoas, chegando aos 1.380 falecidos, informou hoje a Comissão Nacional de Saúde do país asiático.

Segundo os dados facilitados pela comissão no seu site, foram contabilizados até à meia-noite de quinta-feira 5.090 novos infectados, o que eleva a 63.581 o número de casos detetados até agora na China.

As mortes na província de Hubei, foco da epidemia, aumentaram nas últimas 24 horas em 116, até às 1.318, indicou, por sua vez, a Comissão Provincial de Saúde dessa região centro-oriental do país, enquanto foram contabilizados 4.823 novos casos.

A Comissão Nacional de Saúde informou hoje que no mesmo período de 24 horas tinham-se registado 2.174 casos graves em todo o país, enquanto 1.081 pessoas receberam alta.

Segundo os dados oficiais, foi feito um rastreamento médico a mais de 493.067 pessoas que estiveram em contato próximo com os infetados, 177.984 dos quais continuam sob observação.

As autoridades chinesas informaram na quinta-feira de uma mudança nos critérios de diagnóstico para confirmar os casos, o que fez disparar o balanço de afetados pelo coronavírus em toda a China, com mais de 15.000 novos infetados e 254 mortes num só sozinho dia, segundo os dados oficiais.