EFELondres

O embaixador britânico nos Estados Unidos, Kim Darroch, apresentou esta quarta-feira a sua demissão por causa da polémica surgida com o "leak" de documentos nos quais qualificava a administração de Donald Trump de "disfuncional" e "inepta".

Em comunicado, Darroch afirmou que decidiu apresentar a demissão para pôr fim às conjeturas sobre a sua posição à frente da embaixada do Reino Unido em Washington, algo que tornava "impossível" cumprir o seu trabalho diplomático.

O presidente dos EUA criticou duramente o embaixador depois da imprensa britânica ter revelado que Darroch tinha afirmado nuns documentos internos que para comunicar com Trump é "necessário apresentar argumentos simples, inclusivamente rudes".