EFEAncara

O presidente da Turquia, o islamita Recep Tayyip Erdogan, ameaçou hoje "abrir as portas" e enviar milhões de refugiados para a Europa se a União Europeia criticar a ofensiva de Ancara contra as milícias curdo-sírias e classificar o ataque de "invasão".

"União Europeia, recupa o juízo. Se defines a nossa operação como uma invasão, o nosso trabalho é fácil. Vamos abrir as portas e enviar-te 3,6 milhões de refugiados", afirmou o político islamita num discurso em Ancara.