EFEMadrid

O presidente do Governo de Espanha, Pedro Sánchez, anunciou que, a partir desta segunda-feira e pelo menos até 9 de abril, serão paralisadas todas as atividades económicas não essenciais, procurando assim conter a propagação do novo coronavírus.

O chefe do Governo explicou em conferência de imprensa que a medida, considerada "excecional", vai garantir que todos os trabalhadores de serviços que não são considerados vitais neste momento fiquem em casa mas recebendo os salários normalmente.