EFEJerusalém

O exército de Israel mobilizou esta quinta-feira mais tropas na fronteira com Gaza em antecipação a uma operação terrestre dentro do enclave, uma opção não excluída devido à forte escalada de violência com a Faixa, enquanto continua o lançamento em massa de projéteis por parte das milícias palestinianas e os bombardeamentos retaliatórios israelitas.

"Temos unidades terrestres prontas e em várias fases de preparação para operações terrestres", disse Jonathan Conricus, porta-voz militar israelita.

Segundo Conricus, o chefe de gabinete, Aviv Kochavi, está a supervisionar e planear os preparativos das "três brigadas de manobras" na área.

De acordo com meios de comunicação locais, que citam o porta-voz militar Hidai Zilberman, os planos para uma possível invasão terrestre serão submetidos ao próprio Kovachi para aprovação mais tarde, e depois levados ao nível do Governo para aprovação final.

Face à recente escalada de violência, que hoje entra no seu quarto dia, o exército de Israel convocou milhares de soldados da reserva nos últimos dias.