EFENova Iorque

A farmacêutica Johnson & Johnson anunciou esta terça-feira que vai adiar a distribuição da sua vacina contra a covid-19 na Europa depois da suspensão cautelar ordenada hoje pelas autoridades nos Estados Unidos devido a vários casos "raros e graves" de coágulos.

"Estivemos a rever estes casos com as autoridades sanitárias europeias. Tomamos a decisão de adiar proactivamente a distribuição da nossa vacina na Europa", disse a empresa em comunicado.

Os Centros para o Controlo e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) e a Administração de Drogas e Alimentos (FDA) recomendaram esta terça-feira suspender o uso da vacina da Janssen, filial da multinacional americana Johnson & Johnson, depois de terem sido registados seis casos de um tipo de coágulo sanguíneo "raro e grave".