EFEParis

O presidente francês, Emmanuel Macron, defendeu esta quinta-feira junto ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, que a salvaguarda para a Irlanda no acordo sobre o "brexit" é "indispensável" para conservar a integridade do mercado único e a estabilidade política na Irlanda.

Numa conferência de imprensa conjunta antes da sua reunião no Palácio do Eliseu, Johnson afirmou que o seu Governo "não quer reimpor controlos na fronteira" entre a Irlanda e a Irlanda do Norte, e mostrou-se convencido que existe "uma solução técnica" para a saída negociada do Reino Unido antes de 31 de outubro.