EFEBruxelas

Mais de 80 estudantes de diferentes países europeus acamparam esta noite frente à sede do Parlamento Europeu para pedir que os resultados das eleições europeias mostrem preocupação com a mudança climática e disposição a tomar medidas para proteger o planeta frente a esse fenómeno.

"Faz do clima uma prioridade. Redobra as tuas ambições. Toma a sério (o Acordo de) Paris", foi a mensagem que enviaram à União Europeia (UE), que hoje conclui quatro dias de eleições para renovar o Parlamento Europeu.

O objetivo deste grupo de estudantes, como assinalaram em comunicado, é permanecer 24 horas frente à Eurocâmara até que se fechem esta noite os colégios eleitorais e se conheçam os primeiros resultados oficiais, algo que vai suceder a partir das 21.00 horas GMT.

Ao seu protesto trouxeram cartazes que lideraram as múltiplas marchas pelo clima que protagonizaram estudantes por toda a Europa nos últimos meses.

Enfatizaram que estas eleições vão definir "o último Parlamento que pode colocar-nos na via dos 1,5 graus", em referência ao objetivo de aquecimento global.

"Todo o mundo, maior ou jovem, tem de votar pelo clima este fim de semana", assinalaram, de maneira que o novo Parlamento Europeu "tenha o clima como prioridade número um".