EFELisboa

O diretor de cinema português Manoel de Oliveira morreu nesta quinta-feira aos 106 anos, segundo confirmaram à Agência Efe fontes da produtora que realizou seus últimos trabalhos.

O cineasta português é considerado o diretor mais longevo do mundo e durante sua carreira produziu cerca de 60 filmes. Seu último trabalho foi "O Velho do Restelo", exibido em 2014.

Manoel de Oliveira nasceu no Porto, em 11 de dezembro de 1908, e estreou como diretor aos 23 anos com o documentário "Douro, Faina Fluvial".

Atores como a francesa Catherine Deneuve, o americano John Malkovich e o italiano Marcello Mastroianni participaram de alguns de seus filmes durante as décadas de 80 e 90, contribuindo para o reconhecimento internacional de sua obra.

Entre os prêmios que recebeu durante sua carreira se destacam um Leão de Ouro do Festival de Veneza (1985) e uma Palma de ouro do Festival de Cannes (2008).

Manoel de Oliveira tinha superado nos últimos anos alguns problemas de saúde, entre eles uma internação hospitalar em 2012 por problemas de insuficiência cardíaca, e outros episódios em 2013.