EFEPequim

O número de mortes causadas pelo novo coronavírus na China aumentou para 2.236 esta sexta-feira, mais 118 que esta quinta, enquanto o número de pessoas infectadas no país subiu para 75.465, com 889 novos casos nas últimas 24 horas.

A Comissão Nacional de Saúde disse que a partir da meia-noite local tinham sido registados 11.633 casos graves, enquanto 18.264 pessoas tinham recebido alta.

No seu relatório diário, o órgão acrescentou que até, ao momento, 606.037 pacientes em estreito contato com os infetados foram monitorizados clinicamente, 120.302 dos quais permanecem sob observação. Desses últimos, 5.206 são suspeitos de terem contraído o novo vírus, conhecido como SARS-CoV-2.

Entre as 118 novas mortes registadas, 115 foram na província de Hubei, epicentro da epidemia e cuja capital, Wuhan, está em quarentena desde o dia 23 de janeiro. As outras três aconteceram em Zhejiang, no leste do país, Chongqing, no centro, e Yunnan, no sul.

O número de novos positivos foi de 889, e o número de pacientes com alta hospitalar subiu 2.109.