EFELondres

O Parlamento britânico vota hoje se aceita uma saída do Reino Unido da União Europeia (UE) sem acordo, depois dos deputados terem chumbado ontem à noite o pacto negociado pelo Governo de Theresa May com o bloco europeu.

A Câmara dos Comuns vai começar o debate por volta das 14.30 GMT e a votação está prevista para depois das 19.00 GMT, um intenso dia parlamentar pois também está previsto que o ministro de Economia, Philip Hammond, apresente -às 12.30 GMT- as previsões para o crescimento da economia britânica.

Por 391 votos frente a 242, a Câmara inferior recusou ontem à noite ratificar o texto, que acrescentava garantias adicionais relativamente à versão que se votou em janeiro de que o mecanismo para evitar uma fronteira na Irlanda do Norte não seria uma solução permanente.

Espera-se que esta noite os comuns bloqueiem uma saída sem pacto, o que vai abrir a porta a um adiamento da saída do país da UE, prevista em princípio para este 29 de março.

Se os deputados querem evitar um "brexit" sem acordo, a Câmara realiza na noite de amanhã outra votação sobre se autoriza o Governo britânico a solicitar uma extensão da validade do Artigo 50 do Tratado de Lisboa, que fixou a data de abandono para 29 de março após um período de negociação de dois anos.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, já indicou que um adiamento do "brexit" seria breve.