EFELisboa

Portugal notificou esta quarta-feira mais de 40.000 contágios diários pela primeira vez em toda a pandemia, com um novo aumento dos hospitalizados e da incidência a 14 dias, que passou os 3.600 casos por 100.000 habitantes.

O último relatório da Direção-Geral da Saúde (DGS) reportou 40.945 infeções, novo máximo, e 20 falecimentos, abaixo do dado de terça-feira (28).

A incidência continua a crescer e passou de 3.204,4 casos por 100.000 habitantes marcados na segunda-feira a 3.615,9 nesta quarta, embora o índice de transmissão (Rt) tenha retrocedido ligeiramente para 1,23.

Os hospitais viram um aumento dos pacientes internados com o vírus, a 1.635 pessoas (mais 71 que no dia anterior), 167 dos quais estão em unidades de cuidados intensivos (mais 14).

Portugal, com 10,3 milhões de habitantes, acumula 1.734.343 casos positivos e 19.181 falecimentos por covid-19 desde o começo da pandemia.

O país vive a sua quinta vaga com os contágios disparados devido à variante Ómicron, que segundo a última atualização do Instituto Nacional de Saúde (INSA) representa 92,5% das infeções.