EFELisboa

O presidente de Portugal, o conservador Marcelo Rebelo de Sousa, indigitou hoje como primeiro-ministro o socialista António Costa, vencedor das eleições legislativas de domingo, para que forme governo para a próxima legislatura.

Rebelo de Sousa tomou a sua decisão depois da sua ronda de reuniões com os dez partidos que conseguiram assento no Parlamento, informou num comunicado publicado na página oficial da Presidência, na qual lembrou que Costa terá que submeter a votação o seu programa de Governo na Assembleia da República.

Costa, que venceu as eleições com 36% dos votos mas sem maioria absoluta, vai-se reunir esta quarta-feira com os partidos da esquerda para procurar possíveis acordos e alianças e conseguir aprovação no Parlamento.