EFEMadrid

Espanha continua a somar casos de covid-19 na sexta vaga de contágios de coronavírus, mas o ritmo começa a diminuir e a incidência tem-se afastado dos números registados no Natal, segundo os dados divulgados este sábado por algumas comunidades autónomas do país.

Os últimos dados oficiais colocam o número total de casos positivos em Espanha em mais de oito milhões e o de mortes em 90.759 desde o início da pandemia, segundo o Ministério da Saúde espanhol, que só divulgará uma nova atualização na próxima segunda-feira.

Mas algumas regiões divulgaram os números de hoje, incluindo a Catalunha -até agora à frente das regiões espanholas em casos- onde os números continuam a aumentar, com mais 30.598 nas últimas horas.

Contudo, a pressão sobre os hospitais diminuiu, com uma redução tanto no número total de pessoas internadas (2.405) como nos cuidados intensivos (510), de acordo com as autoridades de saúde regionais.

Em Madrid, o número de infeções, internamentos e mortes devido à covid-19 diminuiu. Os dados oficiais mostram 17.233 novas infeções, em comparação com as 21.277 registadas na sexta-feira, enquanto 37 pessoas morreram nos hospitais.

O avanço da variante Ómicron levou a uma grande procura por testes de antigénio, que a partir deste sábado são vendidos em mais de 22 mil farmácias espanholas a um preço máximo de 2,94 euros, valor fixado pelo Governo depois do aumento do consumo ter triplicado o preço.

APENAS 6,7% DA POPULAÇÃO NÃO SE VACINOU

Cerca de 3,2 milhões de cidadãos, 6,7% da população total de Espanha, ainda não receberam nenhuma dose das vacinas contra o coronavírus, de modo que o conjunto dos indecisos sobre a vacinação tem diminuído levemente no último mês.

Os dados de vacinação do Ministério da Saúde espanhol mostram que cerca de 828 mil cidadãos ainda estão à espera da primeira dose, e estima que a percentagem total de ciclos de vacinação incompletos é de 5,2% dos vacinados.

A expansão da variante Ómicron levou mais de 386 mil cidadãos a iniciarem o processo de vacinação com duas doses no último mês.