EFEBruxelas

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, ofereceu-se esta quinta-feira para pedir aos líderes da União Europeia que aceitem um "longo" adiamento do "brexit" caso o Reino Unido o solicitar para repensar a sua estratégia e "construir um consenso".

"Durante as minhas consultas antes da cimeira europeia (dos próximos 21 e 22 de março), vou pedir aos Vinte e sete que estejam abertos a um longo adiamento caso o Reino Unido considerar necessário repensar a sua estratégia do 'brexit' e construir consenso sobre isso", escreveu Tusk na sua conta do Twitter.

A proposta acontece no mesmo dia em que o Parlamento britânico vota se o Reino Unido solicita à UE um adiamento para a saída do país do bloco comunitário, atualmente afixada para este 29 de março.