EFEBruxelas

A União Europeia (UE) não fechou nesta sexta-feira um acordo sobre quanto vai durar a nova prorrogação do prazo de saída do Reino Unido do bloco, motivo pelo qual os embaixadores dos 27 Estados-membros vão voltar a se reunir na próxima semana.

Os diplomatas dos países que irão permanecer na UE após o Brexit, que se encontraram nesta manhã para abordar a questão, devem se reunir novamente na segunda ou na terça-feira para tomar uma decisão sobre a duração da extensão, segundo fontes do bloco.

Os embaixadores já se mostraram dispostos a conceder uma nova prorrogação a Londres durante a reunião anterior, na quarta-feira, com o objetivo de evitar uma saída sem pacto do Reino Unido.

Sendo assim, embora seja praticamente certo que Bruxelas vai adiar de novo a data do Brexit, ainda é preciso decidir quanto tempo irá durar a prorrogação do prazo.

A própria porta-voz da Comissão Europeia (CE), Mina Andreeva, admitiu nesta sexta-feira que foi pactuado "o princípio de uma extensão" e que os responsável vão continuar a trabalhar no assunto nos próximos dias.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, forçado pelo Parlamento britânico, solicitou na semana passada à UE uma prorrogação de três meses da data de saída, prevista atualmente para 31 de outubro.

Nesta sexta-feira, o negociador da UE para o Brexit, Michel Barnier, reconheceu após participar da reunião de embaixadores que os 27 Estados-membros não foram capazes de decidir a duração da prorrogação, mas classificou a discussão como "excelente".