EFELisboa

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, enviou ao seu homólogo espanhol, Pedro Sánchez, uma mensagem de solidariedade e apoio devido a erupção do vulcão em La Palma durante a tarde de domingo.

Segundo confirmaram esta segunda-feira fontes do Governo português à Agência EFE, Costa transmitiu a Sánchez a disponibilidade do Executivo para o apoio que for necessário.

De forma semelhante, o presidente do Governo regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, enviou uma mensagem de apoio ao seu homólogo nas Canárias, Ángel Víctor Torres Pérez.

Bolieiro salientou a "disponibilidade dos Açores para prestar apoio às Canárias ao nível logístico ou de recursos humanos", segundo uma nota partilhada esta segunda no site oficial deste arquipélago português.

A erupção do vulcão de La Palma, nas Canárias, começou no último domingo durante a tarde, e o seu fluxo de lava tem uma altura média de seis metros, emitiu até ao momento entre 6.000 e 9.000 toneladas diárias de dióxido de enxofre e avança a 700 metros por hora.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), as cinzas do vulcão poderão atingir o arquipélago da Madeira, além de substâncias como dióxido de carbono (CO2) e dióxido de enxofre (SO2), embora "o impacto previsto para esta região não corresponderá a uma situação crítica".