EFELisboa

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, assegurou esta terça-feira durante um encontro com jornalistas de cinco agências de notícias internacionais que a segurança pública e sanitária durante a Fase Final da Liga dos Campeões, de 12 a 23 de agosto em Lisboa, está garantida.

Costa, no encontro por videoconferência com as agências, entre elas a EFE, explicou que foi estabelecido um "protocolo muito rigoroso" com a Direção Geral da Saúde em consenso com a UEFA "para que não haja riscos", embora tenha recordado que o vírus continua presente, pelo que a pandemia se vai estender até que haja uma vacina.

"Estamos atentos para prevenir consequências", ressaltou, recordando depois a evolução favorável da pandemia na região de Lisboa, com uma situação que melhorou nos últimos dias.

Sobre a chegada a Lisboa de adeptos dos 8 clubes que participam no torneio, Costa recordou que as fronteiras de Portugal estão abertas para todos os países da União Europeia (UE) e que o "sistema de saúde de Portugal tem uma boa capacidade de resposta".

Na opinião do primeiro-ministro português, Lisboa acolhe esta modalidade única da final a oito graças à experiência de outros eventos como a final da Liga dos Campeões em 2014 ou o Europeu de 2004, além de reunir as condições de segurança necessárias.

António Costa não quis escolher uma favorita entre as oito equipas, entre as quais o Atlético de Madrid do português João Félix, ex-Benfica, o seu clube predileto.

Costa lamentou ainda a ausência de Cristiano Ronaldo, mas salientou que está satisfeito com a presença das oito equipas, que "são as melhores da europa".

O primeiro-ministro de Portugal disse ainda que tem "muita pena" que os estádios não estejam cheios, já que os encontros serão jogados sem público, mas avançou que, tal como os outros eventos futebolísticos organizados por Portugal, vai "correr muito bem".

"Boa sorte a todos neste momento único", concluiu António Costa depois das perguntas dos jornalistas.

A fase final começa esta quarta-feira com o primeiro jogo dos quartos entre Atlanta e Paris Saint-Germain, que será disputado no Estádio da Luz.

Na quinta será a vez do estádio José Alvalade receber o RB Leipzig-Atlético de Madrid.

O Barcelona vai enfrentar o Bayern de Munique na sexta-feira na Luz, enquanto no sábado o Manchester City terá pela frente o Olympique de Lyon em Alvalade.