EFELisboa

Uma dezena de ativistas brasileiros colocaram faixas frente ao Consulado do Brasil em Lisboa nas quais chamam "genocida" ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, ao qual pedem um julgamento político de destituição.

Este protesto teve lugar nas últimas horas e um dos ativistas, Sérgio Tréfaut, explicou à EFE que lançou o movimento "Brasil em Luto" em Portugal para que os portugueses que o quiserem coloquem a bandeira brasileira com uma faixa preta nas janelas.

Participaram no ato apenas dez ativistas, devido às restrições pelo coronavírus, que condenaram a política de Bolsonaro em relação à pandemia, que qualificaram como um "crime de Estado".