EFELisboa

O Banco Europeu de Investimento (BEI) assinou esta terça-feira dois empréstimos por um valor total de 720 milhões de euros para financiar a modernização do setor da água e projetos de reabilitação urbana em Portugal.

Por um lado, o BEI aprovou a concessão de 420 milhões de euros às estatais Águas de Portugal (AdP) e às suas empresas associadas, que serão destinados a financiar investimentos em infraestruturas de água e saneamento, informou a entidade em comunicado.

O contrato relativo à primeira tranche do empréstimo, de 220 milhões, foi assinado em Lisboa pelo vice-presidente do BEI, Román Escolano, e pelo presidente do grupo AdP, João Nuno Mendes.

Também esta terça, o BEI assinou com o Governo português um empréstimo de 300 milhões de euros destinados à revitalização social e económica das áreas urbanas em Portugal, objetivo incluido no programa "Portugal 2020".

Na assinatura da primeira tranche do empréstimo, de 100 milhões, estiveram presentes Escolano e o ministro das Finanças português, Mário Centeno.

O projeto, que dará prioridade às zonas afetadas pela degradação, também está apoiado por fundos adicionais da UE, como os Fundos Estruturais e de Investimento, o Fundo de Desenvolvimento Regional e o Fundo de Coesão.

O BEI começou a conceder financiamento a Portugal em 1976, uma década antes da sua adesão à então Comunidade Económica Europeia, e até à data outorgou mais de 45.000 milhões de euros em empréstimos.