EFESantiago de Compostela

O Bloco Nacionalista Galego (BNG) e o Bloco de Esquerda realizaram esta segunda-feira uma cimeira na qual advogaram reforçar a sua "aliança estratégica" em defesa dos interesses comuns de modo a que a Eurorregião entre a Galiza e o norte de Portugal seja um "contrapeso" ao centralismo de Madrid e Lisboa

A reunião entre as líderes de ambos partidos, Ana Pontón e Catarina Martíns, deu continuidade à primeira realizada em Vigo no passado dia 14 dezembro e será seguida por outra a ser realizada brevemente em Lisboa.

Como resolução desta cimeira, os dois partidos assinaram a chamada 'Carta de Porto', na qual expressaram os seus interesses comuns em matéria de infraestruturas ferroviárias, em matéria de mobilidade transfronteiriça e na colaboração nos âmbitos cultural e linguístico.

A assinatura desta carta é para Pontón "mais um passo na aliança atlântica frente ao centralismo", ao reforçar uma aliança que defende um desenho de infraestruturas e investimentos que "permita a coesão territorial e faça de contrapeso frente a uma visão centralista que se vira para o Mediterrâneo".

"Na Galiza e em Portugal temos interesses comuns, pelo que apostamos por uma cooperação inteligente que nos permita avançar em âmbitos que são chave de um lado para outro da raia", disse.