EFELisboa

A Cidade do Futebol da Federação Portuguesa (FPF), em Oeiras, será convertida num hospital para pacientes covid durante os próximos dois meses para aliviar a pressão dos centros hospitalares do país, muito castigados pela terceira vaga do coronavírus.

Segundo informaram à Efe fontes da FPF, a zona habilitada será a Casa dos Atletas, um complexo inaugurado no ano passado e onde ficam alojados os desportistas e membros do corpo técnico das seleções feminina e masculina de futebol.

Ao todo, serão habilitados meia centena de quartos que a partir desta semana poderão ser usados para acolher pacientes.

Segundo divulgou a FPF, representantes do Ministério da Saúde já estiveram a comprovar as instalações no local e deram luz verde ao seu uso.

Dado a pressão hospitalar de Portugal, com 5.165 internados por covid em todo o país, prevê-se que os primeiros internados comecem a chegar ao recinto desportivo ainda esta semana.

Dá-se a circunstância de que Cristiano Ronaldo deu positivo para coronavírus no passado 13 de outubro quando estava concentrado com a seleção portuguesa na Cidade do Futebol, pelo que esteve isolado durante um dia num desses quartos na Casa dos Atletas.