EFELisboa

A Fundação Serralves do Porto vai inaugurar na próxima segunda-feira a Casa do Cinema de Manoel de Oliveira, um espaço que vai acolher uma exposição permanente com a sua filmografia, os seus prémios e outros elementos do legado do realizador português.

Em comunicado, Serralves explicou que a Casa vai abrir as portas ao público com uma exposição permanente, que propõe um percurso pela obra de Manoel de Oliveira apoiado na tecnologia para fornecer uma experiência interativa ao visitante, e duas exposições temporárias dedicadas ao cineasta.

A direção da Casa Manoel de Oliveira vai ficar a cargo de António Preto, um conhecedor profundo da obra e legado do cineasta, depositado de forma íntegra na Fundação Serralves desde 2016.

O espaço foi edificado nos terrenos da Fundação no Porto e projetado pelo prestigiado arquiteto português Álvaro Siza Vieira, e conta além disso com um auditório para a projeção de filmes.

A cerimónia de inauguração estará presidida pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e contará com a presença da família do cineasta e várias personalidades nacionais e internacionais do mundo da arte e da cultura que conviveram e trabalharam com Oliveira.

Manoel de Oliveira (1908-2015), natural do Porto, foi o cineasta mais internacional de Portugal, muito prezado nos ambientes intelectuais de França e Brasil.

Realizou mais de 60 filmes ao longo de oito décadas, durante as quais foi premiado nos prestigiados festivais de Veneza (1985), Cannes (2008) e Berlim (2009), entre outros.