EFELisboa

Portugal detetou pelo menos 72 casos da estirpe britânica do coronavírus distribuídos pelas várias regiões do seu território continental e nas ilhas da Madeira e Açores.

Os dados, publicados pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), apontam a uma transmissão comunitária e foram enviados às autoridades de saúde para o estudo das cadeias de transmissão.

A irrupção da estirpe britânica em Portugal coincide com o aumento de contágios e óbitos no país, que registou esta terça 155 mortes, o maior número de toda a pandemia, e 7.259 novas infeções.