EFELisboa

A dívida pública portuguesa aumentou 7.300 milhões em abril em relação ao mês anterior e atingiu o valor total de 262.100 milhões de euros, valor máximo não visto desde o início da série em 1995, segundo dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal.

O aumento em abril é explicado "essencialmente" pela emissão de títulos durante aquele mês, realizada para responder ao impato da pandemia de coronavírus na atividade económica, que foi então restringida pelo estado de emergência.

Nesse sentido, o Banco de Portugal destaca o tamanho de uma emissão de títulos sindicalizados realizada em abril no valor de 5.000 milhões, para para atender às necessidades de financiamento do Estado.