EFEArredondo (Espanha)

Os quatro espeleólogos que estão desde sábado dentro do conjunto de grutas cantábras Cueto-Coventosa, "estão localizados", segundo anunciou a conselheira do Interior de Espanha, Paula Fernández, embora tenha explicado que a equipa de resgate está pendente da descida do nível da água para se aproximar deles.

Fernández explicou que estes espeleólogos, de nacionalidade portuguesa, estão "perfeitamente preparados, conheciam a cavidade e tinham-na estudado", pelo que confia que quando a água baixe, estes desportistas se aproximem de onde está a equipa de resgate.

"Temos esperança de que isto fique resolvido ao longo do dia de hoje", ressaltou.