EFELisboa

O incêndio florestal declarado na tarde de quarta-feira em Elvas (Portugal), perto da fronteira com a cidade espanhola de Badajoz, foi dado como dominado durante a noite.

Continuam na zona seis dezenas de bombeiros e quase vinte veículos terrestres para manter a situação controlada, segundo dados da Proteção Civil portuguesa.

O incêndio foi declarado na zona de Vila Boim, a menos de 30 quilómetros da fronteira com Espanha, por volta das 14h45 (hora portuguesa) de quarta-feira, numa área florestal.

A direção das chamas dirigiam-se inicialmente para a aldeia de Vila Boim, mas os bombeiros conseguiram controlar a situação e o incêndio "passou ao lado" da população, segundo asseguram à EFE fontes da Proteção Civil do distrito de Portalegre.

Em nenhum momento houve casas em perigo ou necessidade de evacuação.

Ainda não foram divulgadas as causas do fogo nem o número de hectares afetados.