EFESantiago de Compostela

Música, incluído fado e outros estilos, bem como recitais de poesia, exposições, teatro e cinema, são algumas das iniciativas culturais do programe "Convergências", que se realiza pelo sexto ano nas localidades de Braga e Santiago de Compostela, junto com Ponteareas e A Estrada.

Tal foi indicado pelos organizadores do programa cultural, que pretende favorecer os intercâmbios no âmbito cultural entre a região do norte de Portugal e comunidade da Galiza e que se vai realizar este ano de 26 de fevereiro a 1 de março.

Os organizadores assinalaram em conferência de imprensa que o programa vai além dessas datas e começa a ter "convergência" de criadores e espetáculos acima das fronteiras.

Um dos promotores do evento, Xaime Torres, do grupo musical Canto d'Aqui, de Braga, indicou que o festival se tornou num instrumento de intercâmbio entre as duas regiões fronteiriças.

Ao ser perguntado pelo fato desse festival permitir o intercâmbio mas não uma fusão musical ou uma criação colaborativa entre a Galiza e o norte de Portugal, Torres reconheceu-o implicitamente, embora tenha apontado que há casos nos quais há interpretação conjunta de um e outro lado da fronteira.

Nesse sentido, apontou que na localidade de Ponteareas, que se juntou à iniciativa, vai acolher um concerto de fado no qual vão participar a cantora portuguesa Ana Laíns e a galega Iria Estévez.