EFELisboa

A petrolífera portuguesa Galp informou esta segunda-feira que até setembro deste ano registou perdas de 45 milhões de euros devido ao impacto da covid-19, que teve um especial impacto no segundo trimestre, em que perdeu 52 milhões.

Segundo a empresa indicou num comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), passou de lucros de 403 milhões de euros entre janeiro e setembro de 2019 a perdas de 45 milhões no mesmo período deste ano.

A Galp, que nesta ocasião não oferece comparação em percentagens, também destaca que, relativamente ao segundo trimestre, a queda foi especialmente abrupta, com 199 milhões de lucro nesse período de 2019 e 52 milhões de perdas neste ano.

Uma tendência que melhorou ligeiramente no terceiro trimestre, no qual passou de lucros de 101 milhões em 2019 a perdas de 23 milhões no mesmo período de 2020.

A pandemia, através das suas consequências no mercado, é novamente assinalada como a grande responsável destes resultados, aos quais a empresa reagiu com uma redução do seu plano de investimento para os próximos dois anos de modo a limitar o impacto.