EFELisboa

A taxa de inflação em Portugal ficou em janeiro em 0,5%, menos duas décimas que no mês anterior, segundo dados definitivos divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

O dado é superior numa décima à primeira estimativa do INE, divulgada no passado 31 de janeiro.

Segundo o organismo, a redução da inflação em janeiro explica-se principalmente pela menor contribuição de habitação, água, eletricidade e gás, que passou de 2,5% em dezembro a 0,6% em janeiro, e de transportes, que passaram de 1,4% a 0,7%.

Por outro lado, registaram-se aumentos em vestuário e calçado, de -3,9% a -3,1%, e em restaurantes e hotéis, de 1,5% a 2,1%.

O índice harmonizado de preços do consumidor (IHPC) português, utilizado em território comunitário para comparar os países-membros, registou uma variação homóloga de 0,6%, oito décimas inferior à média europeia, segundo o INE.