EFELisboa

A taxa de inflação em Portugal ficou em maio no 0,4%, número quatro décimas inferior ao do mês anterior, segundo os dados publicados esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Destaque durante maio para a redução da contribuição do setor comunicações, que passou de -0,3% a -3,4%, e restaurantes e hotéis, que caíram de 1,9% a 0,1%.

Por outro lado, aumentou a contribuição de acessórios, equipamento doméstico e manutenção de casa, que melhorou de -0,2% a 0,6%, e de alimentos e bebidas não alcoólicas, de -0,2% a 0,2%.

O índice harmonizado de preços do consumidor, utilizado na União Europeia para comparar os países-membros, reduziu-se a 0,3%, nove décimas inferior à média europeia, segundo o INE.