EFELisboa

A chuva não conseguiu esta noite competir com os Muse em Lisboa, um aguaceiro que milhares de pessoas aguentaram para ouvir tanto os clássicos como os últimos lançamentos da banda britânica no seu regresso a Portugal.

Matt Bellamy (cantor, guitarra e piano), Christopher Wolstenholme (baixo) e Dominic Howard (bateria) dominaram o palco principal na primeira noite do festival Rock in Rio Lisboa, que abriu as portas para a sua nona edição.

A organização avança que 74.000 pessoas visitaram este sábado a Cidade do Rock (recinto habilitado no amplo parque da Bela Vista) e grande parte ficou até à madrugada para ver o espetáculo.

Apesar de que não estava previsto, aos 20 minutos começou uma chuva que não parou até quase ao final do concerto, o que levou milhares de pessoas a abandonar as instalações.

No entanto, foram muitas mais as que ficaram como se tal se tratasse de uma prova de valor. A banda, por sua parte, esteve à altura das suas expectativas, interpretando clássicos de todo o seu repertório, como "Plug in Baby", "Uprising", "Hysteria" e "Time is Running Out", bem como "Compliance" ou "Won't Stand Down", composições do seu próximo álbum, "Will of the People", previsto para agosto.

Tudo isso acompanhado de fogos artifícios, pirotecnia, serpentinas e um robô gigante (chamado Murph) de fundo no palco.