EFELisboa

Mais de 300 bombeiros foram mobilizados esta segunda-feira para combater as chamas de um incêndio florestal declarado no município de Pampilhosa da Serra, na Região Centro de Portugal, onde estão ajudados por três helicópteros e quatro aviões.

Segundo dados da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) portuguesa, até ao lugar do fogo, na zona de Souto do Brejo, deslocaram-se também perto de 90 veículos terrestres.

O incêndio começou às 15.05 hora local (14.45 GMT) e mantém-se com duas frentes ativas que ainda não foram controladas.

Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra, foi um dos municípios que se viram afetados em meados de junho pelo grande incêndio de Pedrógrão Grande, a pior tragédia florestal da história de Portugal, que deixou 64 mortos e mais de 150 feridos.

Os incêndios registados este ano em Portugal calcinaram 213.986 hectares, o valor mais elevado dos últimos dez anos, segundo um relatório publicado recentemente pelo Instituto de Conservação da Natureza e as Florestas português.