EFELisboa

O presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, garantiu hoje em Lisboa que a resposta europeia à pandemia do coronavírus "não vai ter limites e será muito solidária", prometendo colocar nesta a sua "determinação".

"Estão previstas reuniões esta semana, na terça-feira do Eurogrupo e na quinta do Conselho Europeu. A resposta europeia não vai ter limites e será muito solidária. Esta é a minha determinação como governante em Portugal e como presidente do Eurogrupo", disse aos jornalistas em Lisboa.

Centeno, após uma reunião com o presidente do país, Marcelo Rebelo de Sousa, para abordar a "situação económica e financeira em Portugal e na União Europeia", destacou que as respostas europeias ao vírus "estão a ser trabalhadas e anunciadas semanalmente".

"Já vimos várias respostas europeias ao nível do BCE (Banco Central Europeu), da Comissão, e vimos um conjunto de acções bastante coordenadas e harmonizadas dos diferentes países", centradas no sistema bancário, no fornecimento de liquidez e no apoio social para aliviar os efeitos sobre o emprego, afirmou.

"É uma resposta muito significativa, de grande dimensão, que vai continuar a ser construída na Europa", prometeu.

Centeno vai presidir uma videoconferência do Eurogrupo esta terça-feira a partir das 17:30 GMT.

Na reunião, segundo avançou este fim de semana o ministro português, vão ser consideradas "opções para acrescentar uma nova linha de defesa contra o coronavírus".