EFELisboa

A cadeia espanhola Mercadona, com 20 supermercados em Portugal desde a inauguração do primeiro em julho de 2019 por parte do seu presidente, Juan Roig, prevê abrir mais nove ao longo de 2021.

Segundo um comunicado divulgado esta sexta-feira pela companhia, estes nove supermercados vão estar localizados nas regiões de Aveiro, Braga e Porto, no norte do país, onde também se encontram os outros vinte.

Além dos 1.700 trabalhadores que já tem em Portugal, a Mercadona prevê contratar outras 500 pessoas para os novos locais que irá abrir este ano.

A empresa espanhola, para além dos escritórios de gestão e dos supermercados, conta também com um Centro de Inovação na cidade de Matosinhos e um Bloco Logístico na Póvoa de Varzim.

É deste último local, com 258 funcionários, que se abastecem todas as lojas em solo português. Além disso, tem comunicação direta com um bloco logístico similar da Mercadona em Leão (norte de Espanha).

Desde a abertura do primeiro estabelecimento em Portugal -a sua primeira expansão internacional-, a Mercadona já conseguiu um total de 300 fornecedores, cujos produtos estão à venda tanto nos seus supermercados portugueses como nos espanhóis.

Para cumprir com os seus compromissos de responsabilidade social corporativa, a Mercadona doou 1.200 toneladas de bens essenciais ao longo de 2020, que foram distribuídos através de diferentes entidades portuguesas.