EFELisboa

Portugal retoma as missas a partir de sábado com máxima cautela e restrições devido à pandemia de coronavírus, com o uso obrigatório de máscara, distância entre os fiéis e circuitos de entrada e saída das igrejas.

Suspensas desde o passado 13 de março, as missas deverão ser retomadas este fim de semana "com cautela" para que o vírus não aproveite nenhum "descuido" para se propagar, pediu esta quarta-feira o cardeal Manuel Clemente, patriarca de Lisboa, numa mensagem em vídeo.

Para minimizar os riscos de contágio, a Conferência Episcopal de Portugal divulgou um documento de nove páginas que detalha as regras de como se deverão retomar as celebrações comunitárias.

O uso de uma máscara será obrigatório durante toda a celebração, exceto para comungar, e as hóstias serão recebidas na mão e não na boca.

Os assentos devem estar sinalizados para que haja apenas um fiel por cada quatro metros quadrados, pelo que a capacidade total de cada paróquia será reduzida, e o gesto de paz não será feito.

Os circuitos de entrada e saída das igrejas devem ser marcados para evitar que os fiéis se cruzem, embora a Conferência Episcopal aconselhe que, sempre que possível, as missas sejam realizadas ao ar livre.

Não serão distribuídos papéis, e a esmola será agora depositada num recipiente colocado à saída da igreja.

O batismo será sempre realizado com água nova e sem contato físico e as confissões serão com uma distância segura entre o padre e os fiéis.

O reinício das missas significará também o regresso dos fiéis ao Santuário de Fátima, que esteve encerrado durante quase dois meses e meio, embora tenha continuado a realizar as celebrações à porta fechada.

A pandemia levou o Santuário a comemorar pela primeira vez sem peregrinos a aparição da Virgem, nos passados dias 12 e 13 de Maio, com uma esplanada deserta que contrastou com os cerca de 200.000 fiéis que assistiram à celebração no ano passado.

A partir de sábado, a maior parte das missas programadas estarão concentradas na Basílica da Santíssima Trindade, e as realizadas durante a semana na Capela das Aparições em italiano, inglês e espanhol serão canceladas.