EFELisboa

Portugal vai impor multas de entre cinquenta e cem euros aos banhistas que não cumprirem com o uso de máscara e distância social nas praias.

A Polícia Marítima irá multar quem não usar máscara durante o acesso à praia e até colocar a toalha, sempre a uma distância social de um metro e meio, além de ser obrigatório seguir a sinalização de acesso à praia.

Os bares e restaurantes na praia -onde é obrigatório o uso de máscara- que não cumprirem com os padrões de higiene e desinfeção podem ser sancionados com entre 500 e 1000 euros.

O decreto-lei, que foi aprovado pelo Conselho de Ministros no passado 6 de maio, vai-se publicar a tempo deste fim de semana, quando arranca a época balnear em Cascais e no Algarve, enquanto as restantes praias do país só irão abrir em junho.